Publicado por: absesimbra | 6 de Maio de 2015

Pregação 03.05.2015 Continuação do estudo acerca do sofrimento na vida de Jesus Cristo

Então dando continuidade ao estudo acerca do sofrimento que mesmo sendo cristãos, crendo/confiando em Deus passamos no nosso dia-a-dia começámos a analisar alguns episódios da vida de Jesus.

Chegámos À conclusão que Jesus desde pequeno que sofria situações complicadas na sua vida e na vida da sua família. Jesus sofreu perseguição, e mesmo depois de Jesus ter sido batizado, ter iniciado de uma forma efetiva o seu ministério e isso ter sido corroborado pela Trindade, o Espírito Santo desceu em forma de Pomba, Deus Pai afirmando que Jesus era o seu filho amado em quem Ele tinha prazer, porque Jesus o Filho de Deus estava decidido a concretizar a vontade do Pai na sua missão na terra.

Mesmo depois disso, Jesus é levado para o deserto para sofrer 40 dias e 40 noites sem comer, e depois ser tentado por Satanás.

Relembrámos que é importante entendermos que o sofrimento faz parte da vida também do Cristão, mas que podemos confiar em Deus porque Ele cuida de nós. Jesus venceu o mundo!

E aprendemos também que é nos tempos de sofrimento que mais tentações vêm à nossa vida, tentações essas que nos levam a ter de optar por um caminho de facilitismo colocando de parte a vontade de Deus, ou então optar pela vontade de Deus mesmo que isso implique sofrimento, assim como se passou no episódio da tentação de Jesus.

Agora analisando outros episódios da vida de Jesus verificamos que estes não foram os únicos em que o sofrimento e uma alternativa de um caminho mais facilitado estava proposto. Mas Jesus optou sempre por honrar o seu Pai Deus.

Vamos ler Mateus 16:21-28 – Episódio a referir onde Pedro tenta demover Jesus de ir à cruz. Jesus sabia o que significava a cruz, mas mesmo assim estava decidido a fazer isso.

Caminho do facilitismo vs manter-se no foco para aquilo que foi chamado.

Nós somos chamados para o quê? Glorificar Deus espalhando o seu Evangelho até aos confins da terra. Mas muitas das vezes por causa do sofrimento (neste caso a morte que Jesus sabia que ia enfrentar) desviamo-nos desse propósito. Jesus poderia ceder ao seu propósito, mas manteve-se fiel até ao fim. Muitas das vezes são os próprios amigos que nos tentam tirar do foco, exemplo de Pedro.

João 11:31-36 – Jesus chorou pela morte de um amigo… sofreu!

Romanos 12:15 – Jesus dá-nos um grande exemplo de sofrer com os que sofrem… Sentido de igreja, comunidade! Irmãos uns dos outros!

Lucas 4:14-30 – Jesus rejeitado pelos seus;

Apenas os gentios reconheceram o poder de Deus; Episódio da Viúva de Sarepta de Sidom (I Reis 17:8-24) e a cura de Naamã (II Reis 5:1-14);

Ideia reforçada em João 1:11 – Jesus rejeitado pelos seus.

Sofrimento pela via da rejeição. Exemplos na vida diária.

Mateus 26:31-56

  1. 33 – 35 – A negação de Pedro (Sabemos que isto acontece porque está relatado no verso 69;
  2. 38 – 45 – momento de sofrimento tal. Mas os discípulos dormiam… abandonaram Jesus na sua angústia.
  3. 46 – 50 – Jesus foi traído por um dos 12. A importância dos 12. A intimidade que eles tinham com Jesus. A confiança uns nos outros. Tudo isso foi desfeito.
  4. 51 – 56 – Caminho do facilitismo vs manter-se no foco para aquilo que foi chamado.

(Conclusão) Faço a pergunta: Quantos de nós por vezes cedemos no meio do sofrimento achando que Deus nos abandonou, e diante de uma tentação de Satanás acabamos por fazer a sua vontade negando Deus?

Cuidado com as tentações no meio do sofrimento, que parecem nos levar por caminhos fáceis, mas que no fim levam à desgraça. No fim levam a um afastamento de Deus.

Voltando ao texto de Jeremias 17:7-8, (LER), a forma como nós temos de ultrapassar o sofrimento é? CONFIAR EM DEUS.

Não é nos culparmos por estarmos a passar por uma situação de sofrimento, mas entender que estas situações surgem e que são normais, mas ultrapassa-la com a confiança de que vejam em João 16:33… Jesus venceu o mundo. Nada neste mundo, nenhuma aflição, nenhum sofrimento nos deve retirar a confiança de que Deus nos ama e está a cuidar de nós.

Quando estiver em sofrimento ore ao Senhor para que Deus lhe dê força a manter-se no caminho de Deus confiando Nele.

Vamos orar.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: