Publicado por: absesimbra | 16 de Setembro de 2018

Série de pregações sobre “Ser Igreja”

  • Como chegámos até aqui? Origem da igreja. De Israel para a igreja. Movimento missionário após a Ascensão de Jesus; os resultados do Pentecostes; a perseguição aos cristãos; pela primeira vez igreja; e de repente a Europa e a Ásia evangelizada…

A importância de conhecermos as nossas origens, para percebermos qual a intenção de Deus a criar a igreja e que a igreja é projeto de Deus e não de mãos humanas.

Como tudo começa? Ler ACTOS 7:1-53 – Resumo da história do povo escolhido por Deus – Israel.

A pergunta que se pode colocar aqui é: “Por que Deus escolheu a Israel para ser o seu povo escolhido?”

RespostaFalando da nação de Israel, Deuteronómio 7:7-9 nos diz: “Não vos teve o SENHOR afeição, nem vos escolheu porque fôsseis mais numerosos do que qualquer povo, pois éreis o menor de todos os povos, mas porque o SENHOR vos amava e, para guardar o juramento que fizera a vossos pais, o SENHOR vos tirou com mão poderosa e vos resgatou da casa da servidão, do poder de Faraó, rei do Egito. Saberás, pois, que o SENHOR, teu Deus, é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e cumprem os seus mandamentos.”

Deus escolheu a nação de Israel para ser o povo através do qual Jesus Cristo iria nascer – o Salvador do pecado e da morte (João 3:16). Deus prometeu o Messias pela primeira vez após a queda de Adão e Eva no pecado (Gênesis capítulo 3). Deus mais tarde confirmou que o Messias viria da linhagem de Abraão, Isaque e Jacó (Gênesis 12:1-3). Jesus Cristo é a razão final pela qual Deus escolheu Israel para ser o Seu povo escolhido. Deus não precisava ter um “povo escolhido”, mas decidiu fazer as coisas dessa forma. Jesus tinha que vir de alguma nação, e Deus escolheu Israel.

No entanto, a razão pela qual Deus escolheu a nação de Israel não foi unicamente para o propósito da vinda do Messias. O desejo de Deus para com Israel era o de que eles ensinassem aos outros sobre Ele. Israel deveria ser uma nação de sacerdotes, profetas e missionários para o mundo. O intento de Deus era que Israel fosse um povo distinto, uma nação de pessoas que guiassem os outros em direção a Deus e a Sua providência prometida do Redentor, Messias e Salvador. Em sua maior parte, Israel falhou nessa tarefa. No entanto, o propósito final de Deus para Israel, o de trazer o Messias e Salvador, foi cumprido perfeitamente – na Pessoa de Jesus Cristo.

 

Continuando a ler Atos 7:54 – 8:4 – Vemos que o foco já não está mais no povo de Israel, mas sim na igreja de Cristo.

Se analisarmos a primeira carta de Pedro que teve como destinatários os crentes das regiões da Ásia Menor onde é hoje a atual Turquia, em I Pedro 2:9-10 (LER) temos uma espécie de declaração de propósito da igreja de Cristo.

Analisando outro evento fulcral no inicio da criação da igreja o Pentecostes em Atos 2 podemos analisar que naquele local não estavam somente judeus, mas quando o Espírito Santo prometido por Jesus Cristo aquando a sua Ascensão cai sobre aquelas pessoas nós vemos muitos povos ali representados. (Ler Atos 2:5-12)

Resultado do Pentecostes e da pregação de Pedro – Atos 2:37-47 – a igreja se inicia. Ler também Atos 4:32-35.

A ordem de Jesus era clara – Atos 1:8 – Ser uma testemunha viva do Evangelho – Ler tb Mateus 28:18-20

Ir por todo o mundo, não somente aos Judeus, mas por todo o mundo.

Vemos também que a forma como a igreja se desenvolve fora de Jerusalém é quando a igreja sofre perseguição e isso obriga os crentes a siarem daquele local e a ficarem dispersos e depois evangelizam onde se fixam na nova terra. Atos 8

Depois da chamada de Paulo o mesmo Saulo que participou na morte de Estevão, o movimento missionário foi estrondoso. Até que em Antioquia os seguidores de Cristo são chamados pela primeira vez de Cristãos, ou seja, pequenos cristos (Atos 11:25-26).

A salvação em Cristo é para todos tanto para os judeus como para os gentios. Exemplo de Paulo e Barnabé em Atos 13:44-48 e Ler Gálatas 3:26-29.

Nas cartas que Deus inspira Paulo a escrever vamos analisar a organização e a orgânica da igreja de Cristo. Isto ficará para as próximas pregações.

Conclusões:

  • Entender que a igreja vem de Deus e existem objetivos específicos da parte de Deus para a igreja;

 

  • Quem faz parte da igreja, é uma geração escolhida, sacerdócio real, nação santa, povo que pertence a Deus para quê?

 

  • Para proclamar as admiráveis obras de Deus.

Para a semana vamos abordar o tema A quem pertence a igreja? Identidade da igreja. Somos filhos de Deus, o que Deus pretende com a igreja? Embaixadores de Cristo; Representantes de Deus na Terra; Luz das nações; Quem a idealizou? Evidências de que é Deus quem está por trás da Igreja. Igreja projeto de Deus. Com que objetivo?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: