Publicado por: absesimbra | 24 de Janeiro de 2019

Pregação – Promessas de Deus

Antigamente bastava a palavra de alguém para se celebrar um contrato ou um acordo, e ambas as partes sabiam que seria cumprido. Nos dias que correm precisamos de colocar tudo no papel pois o facto de utilizarmos uma promessa verbal já não chega para confiarmos na realização da mesma por parte de quem a realizou. Para algumas pessoas a questão da honra ainda as leva a cumprir com a sua palavra, mas para outras sabemos que já não funciona assim.

Em Génesis 18:9-15 (Ler) nós verificamos que Abraão e Sara são visitados pelo próprio Deus e por dois anjos, onde nesse encontro o tema principal da conversa é a concretização da promessa que Deus fez a Abraão descrita em Génesis 12:1-2 (Ler), a promessa de que ele seria o pai de uma grande Nação, de que através dele iria nascer um numeroso povo, tão numeroso quanto as estrelas do céu e como a areia da praia.

Ora Sara quando ouve um dos anjos afirmar que Deus ainda iria fazer nascer dela um descendente de Abraão e que através desse descendente Abraão iria ser o pai de uma grande nação, riu-se no seu íntimo. O facto de Sara ter-se rido leva-nos a pensar, realmente naquilo que o anjo estava a afirmar, e ao pensar nessa afirmação remete-nos para 3 argumentos entendidos apenas na esfera humana, contra a realização da promessa de Deus, que são:

  • Desde que a promessa tinha sido feita já se tinham passado 24 anos. Quando a promessa foi feita a Abraão (Génesis 12:1-2) ele tinha 75 anos e Sara tinha 64 (ver Génesis 12:4);
  • Abraão tinha neste momento (momento que é descrito em Génesis 18:9-15) 99 anos e Sara tinha 90 anos, ou seja, uma idade bastante avançada para ter filhos;
  • E o texto Bíblico em Génesis 18:11 diz que Sara já não tinha o costume das mulheres, ou seja, provavelmente Sara já não tinha menstruação, já estaria na menopausa, o que a impossibilitava naturalmente de dar à luz;

Se basearmos a realização da promessa de Deus apenas nestes 3 factos e observados na esfera humana, conseguimos entender o porquê do riso de Sara. Assim devido a estas circunstâncias, tanto Abraão com Sara duvidaram da capacidade de Deus em cumprir com a sua promessa. Uma das evidências dessa dúvida está descrita em Génesis 16, onde podemos ler a forma que o casal arranjou para “ajudar Deus” na realização da promessa feita a Abraão. (Génesis 16:1-4 Ler)

Abraão peca, comete adultério, influenciado pela sua esposa, para “ajudar Deus” no cumprimento da sua promessa. Abraão e Sara duvidaram de que Deus seria capaz de sozinho cumprir o que prometera 10 anos antes a Abraão. Daí o nascimento de Ismael, o filho feito por Abraão a Agar, a serva egípcia que foi cedida por Sara, ter dado origem a vários povos que trouxeram muitos problemas ao povo escolhido de Deus, o povo de Israel. Existem até alguns estudiosos que afirmam que o povo islâmico descende de Ismael, e todos sabemos o quantas dificuldades esse povo tem trazido à igreja de Jesus Cristo, ou seja, na tentativa de fazerem o trabalho de Deus Abraão e Sara apenas complicaram as coisas.

Este por vezes também é o nosso mal, sabemos quais são as promessas de Deus para nós, para a sua igreja, mas devido às circunstâncias, duvidamos e fazemos as coisas à nossa maneira, camuflando os nossos erros com a justificação de que Deus prometeu!

De facto Deus prometeu um descendente a Abraão e de acordo com as evidências (o facto de Sara ser avançada em idade e de não conseguir engravidar) parecia ser difícil que fosse através de um filho da sua mulher Sara, mas Deus tinha prometido, Abraão só teria de confiar.

Por fim o anjo em Génesis 18:14 – afirma:

“Acaso para Deus há coisa demasiadamente difícil?”

Que afirmação tão profunda e tão rica. Desafio-vos a decorarem este verso bíblico, para que quando enfrentarmos uma situação complicada e que existe uma promessa de Deus para essa situação, a possamos citar e interiorizá-la para que através dela possamos entender que para deus NÃO EXISTEM IMPOSSÍVEIS! Mateus 19:26: “E Jesus fitando o olhar neles, lhes disse: Isso para o homem é impossível, mas para Deus tudo é possível!”

Deus cumpre as suas promessas

Queria finalizar com a passagem que lemos no inicio do culto Isaías 40:25-31


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: