Publicado por: absesimbra | 9 de Janeiro de 2020

Pregação 5 janeiro 2020

Se pararmos para termos a noção de tempo percebemos que estamos já no ano 2020…

Para nos ajudar a ter melhor a perceção dos anos que já passaram podemos ver alguns acontecimentos que se passaram alguns anos atrás.

Exemplo:

  • A guerra do golfo aconteceu há 30 anos atrás.
  • O avião concorde que caiu em França e morreram 113 pessoas aconteceu há 20 anos atrás.
  • A PS2 saiu há 20 anos atrás.
  • Faz este ano 10 anos que ocorreu o terramoto no Haiti que vitimou milhares de pessoas.
  • Faz igualmente 10m anos que aconteceu aquela tragédia dos 10 mineiros que ficaram presos numa mina no Chile.

Entre outras coisas que possivelmente se vai lembrando e que nos fazem ter a real noção da rapidez com que o tempo passa.

Ora o tempo é algo muito importante para Deus. É um recurso que Deus nos dá pelo qual vamos ter de prestar contas. E aí nessa matéria não existem pessoas ricas ou pobres, ao contrário do dinheiro e bens materiais, o tempo todos nós tempos 24 horas por dia.

Vamos analisar uma passagem onde o Apóstolo Paulo aborda esta questão do tempo e do início/fim de ciclos.

LER II Timóteo 4:1-8

Por isso, insisto solenemente, diante de Deus e Cristo Jesus, que

Insisto solenemente – Algo muito forte da parte de Paulo. Através do discurso percebe-se que Paulo estava mesmo a dar importância ao que ia expor.

há de julgar os vivos e os mortos, quando vier outra vez para estabelecer o seu reino aqui na Terra:

 

Cristo Jesus vai vir uma segunda vez para julgar as ações dos vivos e dos mortos. Ora cada vez que o tempo passa esta realidade estará cada vez mais próxima. Temos de gerir o nosso tempo de forma a honrar esta segunda vinda, estando preparados para ela. Pode fazer a seguinte questão? Se Jesus viesse agora neste instante o irmão estaria pronto para receber Jesus?

Jesus virá para estabelecer o Seu Reino aqui na Terra, enquanto Ele não vem essa função é nossa. Como discípulos de Cristo e Sua igreja devemos lutar para implementar o Reino do Nosso Senhor aqui na Terra.

que anuncies a palavra de Deus; que insistas nessa pregação, não só nas ocasiões consagradas, mas também fora delas; que corrijas e repreendas, que encorajes com toda a paciência os que são fracos, dando-lhes o ensino de que necessitam.

Toda a pregação tem de ter por base a Palavra de Deus. Outra versão diz para pregarmos a palavra quer seja oportuno quer não seja, ou seja, devemos viver para isto. As nossas conversas, os nossos diálogos, os nossos pensamentos devem estar cheios da Palavra de Deus.

II Timóteo 3:16 (LER)

Porque há de vir uma época em que as pessoas não hão de querer mais ouvir a sã doutrina e procurarão rodear-se de mestres que lhes ensinarão apenas aquilo que vai de encontro aos seus desejos e que seja agradável aos seus ouvidos. Recusando-se a ouvir a verdade, voltarão a seguir tradições supersticiosas.

Hoje já se vive esta realidade. As pessoas não querem ouvir que Cristo vai vir para julga-las. As pessoas não querem prestação de contas.

As pessoas preferem a mentira à verdade. A Sã doutrina é a verdade. A mensagem do Evangelho é a verdade e será a verdade que os vai libertar… do pecado e não as mentiras que aparentemente são boas de ouvir.

Tu, porém, mantém-te capaz de controlar, em todas as circunstâncias, o teu próprio carácter, pronto a suportar as aflições, fazendo o trabalho de um evangelista. E assim cumprirás o cargo para o qual foste responsabilizado.

Existe uma enorme preocupação da parte de Paulo em mantermo-nos honestos e com um bom carácter, para que o portador da mensagem não possa denegrir a própria mensagem. Quantas pessoas acabaram por se afastar da fé por causa do mau exemplo dos cristãos? É verdade que não somos perfeitos, mas devemos ter muito cuidado com as nossas ações, com os nossos comportamentos, pois podem deitar tudo a perder na responsabilidade que temos de ser comunicadores da parte de Deus.

Todo o cristão tem a responsabilidade de falar de Jesus aos outros e de pregar o evangelho, e evangelho implica falar de julgamento e de pecado, mesmo que isso não for atrativo para a maioria das pessoas.

Porque, naquilo que me diz respeito, a minha vida já tem sido entregue como uma oferta a Deus. Já está próximo o tempo da minha morte. Combati o bom combate, acabei a carreira da minha vida, guardei a féEstá já preparada por Deus a coroa da justiça que o Senhor, o justo juiz, me dará naquele dia que há de vir. E não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.

E Paulo deixa aqui o seu exemplo. Ele é todo ele uma oferta a Deus e é este o desafio que ele nos faz também em Romanos 12:1. Ou seja não se trata de o que tu tens e podes oferecer a Deus dentro do que possuis, mas tu como um todo ofereceres-te a Deus.

Paulo estava pronto para morrer, estamos nós prontos para morrer? Sim, porque o fim pode ser a vinda de Cristo ou a morte. E em ambas as situações temos de estar prontos para.

A vida espiritual tem várias ilustrações, aqui Paulo usa duas… combate, e carreira. Será que há medida que o tempo nos vai sendo tirado, podemos afirmar aquilo que Paulo diz acerca de si próprio? Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a Fé?

E depois ter o vislumbre daquilo que nos espera na morada de Deus – a coroa da justiça. Este é o verdadeiro prémio, galardão de Deus para com aqueles que Lhe serão fiéis atá ao fim. Ler Apocalipse 2:10.

Por fim Paulo volta a falar da segunda vinda de Jesus, Paulo volta a focar a nossa esperança.

Esta expressão de amar a Sua vinda, está carregada de significado. Amar a Sua vinda significa que não ansiamos mais nada de forma tão forte que a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo. Nada se sobrepõe a esse desejo de ver a segunda vinda de Jesus Cristo. Se desejas algo mais como por exemplo coisas terrenas então não és digno dessa ocasião.

Parece que existe uma relação direta entre o fim da nossa vida e o focar na esperança que temos em Cristo Jesus.

Termino esta primeira pregação do ano 2020, com o texto do fim da Bíblia quando João expressa como que num folego final o seu maior desejo que deve ser esse também o nosso: LER Apocalipse 22:20

20 Aquele que revelou estas coisas afirma: “Sim, em breve voltarei!”

Que assim seja! Pois vem, Senhor Jesus!”

 

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: