Publicado por: absesimbra | 10 de Abril de 2016

Pregação 03.04.2016 Conf. Fiel 2016

Explicar um pouco do que foi a conferência;

Explicar que me foi oferecida ao abrigo do programa Ministério apoie um pastor;

E que foi realmente uma bênção;

É minha intenção falar nas próximas pregações acerca de ideias que aprendi por lá, para também enriquecer a igreja local. A formação do pastor serve para enriquecer a igreja local da qual esse pastor faz parte.

Um dos livros que fomos motivados a ler foi este (Mostrar a capa) – “O que é uma igreja saudável?” de Mark Dever. É um pequeno resumo de um livro maior de nome: “As 9 marcas de uma igreja saudável!” Que iremos estudar também, por achar muito pertinente para a nossa igreja.

Este pequeno livro que já li mais de metade, bem como alguns dos estudos que tivemos na formação esta semana, fazem-nos a seguinte pergunta?

O que você procura em uma igreja?

Não sei se alguma vez se pergunto acerca disso? Qual a razão por que frequenta esta igreja e não outra? E o que é para si uma boa igreja?

Será a que tem um bom louvor? Com muitos instrumentos? Hinos novos? Ou onde se canta os hinos históricos? Etc…

Será uma igreja que tenha muitas pessoas da sua idade? E que estejam a passar a mesma fase da vida em que você está? Provavelmente uma igreja com muitos idosos não seja atraente para os jovens. Ou mesmo uma igreja com muitos jovens não seja atraente para os idosos. Ou uma igreja com muitos casais de meia-idade não seja adequada quando nesta mesma igreja existem muitos casais jovens que têm muitos filhos pequenos e que fazem muito barulho nos cultos… etc…

Ou será que a igreja boa é aquela que tem muitos programas ou atividades? Atividades para mulheres, ara jovens, para crianças, para adultos com filhos, para adultos sem filhos, para homens, para idosos, atividades de evangelização, atividades de missões, atividades desportivas, jantares temáticos, cultos especiais, etc… etc…

Ou então a igreja boa igreja é aquela que é moderna, ou tem umas instalações incríveis… ou que é acolhedora, ou então grande, eu acho que uma igreja boa tem de ser grande…

Como então deveria ser uma igreja? (Pedir os papeis do exercício) …

Atenção todas as coisas que citei, não são na essência más, até que são boas, mas será isso que deve definir uma boa igreja local, ou uma igreja local saudável?

Importa também saber também o que é a igreja local?

E numa outra pregação poderemos de uma forma mais profunda estudar o que é a igreja local.

Talvez esta pequena definição nos possa ajudar: “Um cristão é alguém que antes e acima de tudo, foi perdoado de seu pecado e reconciliado com Deus, o Pai, por meio de Jesus Cristo. A igreja é um grupo de cristãos. Ser reconciliado com Deus por meio de Cristo significa ser reconciliado com todos aqueles que também estão reconciliados com Deus por meio de Jesus.”

Como disse vamos numa outra ocasião estudar melhor esta ideia e outras relacionadas com esta.

Voltando ao conceito igreja saudável, percebemos que a igreja é constituída por um grupo de pecadores, que percebeu a sua condição e aceitaram o sacrifício substitutivo de Jesus.

Aí percebemos que uma igreja saudável não é uma igreja perfeita e impecável. Não é uma igreja que resolva todos os problemas, pelo contrário, é uma igreja que se esforça continuamente para ficar ao lado de Deus na luta contra os maus desejos e enganos do mundo, trazidos pela nossa carne e pelo diabo. É uma igreja que procura conformar-se sempre à Palavra de Deus.

Poderíamos afirmar que uma igreja saudável é uma congregação que reflete crescentemente o carácter de Deus, conforme Ele é revelado na Sua Palavra.

O que isso é na prática?

Manifestar o carácter, a semelhança, a imagem e a glória do Filho e do Pai que está no céu, é:

  • Jesus nos diz que sejamos pacificadores visto que o Pai fez a paz entre Ele mesmo e nós por meio do sacrifício de seu Filho que está no céu! Mateus 5:9;
  • Jesus nos diz que amemos os nossos inimigos, porque nosso Pai celeste nos amou embora fossemos seus inimigos por causa do pecado que cometemos! Mateus 5:44 e Romanos 5:8;
  • Jesus nos diz que amemos uns aos outros, visto que Ele deu a sua própria vida porque nos ama e que nos amemos uns aos outros para mostrarmos ao mundo como é o seu amor. João 13:34-35;
  • Jesus orou pedindo que sejamos “um” assim como Ele e o Pai são um. João 17:20-23;
  • Jesus diz-nos que sejamos “perfeitos” como o é nosso Pai celestial. Mateus 5:48;
  • Jesus diz-nos que sejamos “pescadores de homens” e façamos discípulos de todas as nações (Mateus 4:19; 28:19-20); Ele no envia assim como o Pai o enviou (João 20:21).

Irmãos é através da igreja que Deus decidiu dar-se a conhecer às nações. Ao lermos Efésios 3:10-11 verificamos que é pela igreja que a multiforme sabedoria de Deus se vai tornar conhecida…

Mas como podemos esperar que isso aconteça? Por vezes parece que estamos reféns do nosso dia-a-dia como que sem armas para batalhar esta guerra de carácter. Tantos desafios para ser igreja saudável… para se alcançar o sucesso… mas o que é o sucesso?

Perceber o que é sucesso, e o que entendemos ser sucesso vai determinar o que vai ser feito para alcançar o destino a ser alcançado.

(Contar história da igreja de Mike McKinley, da Virgínia EUA – Sterling Park Baptist Church)

Aquela igreja estava sem esperança e derrotada. E na mente daquelas pessoas o mais básico a se fazer era realizar atividades e programas para dinamizar a igreja.

Mas…

Qual foi a prioridade daquela equipa vinda da igreja do pastor Mark Dever em Capitol Washinton DC?

“Aquilo que posso prometer são duas coisas… é pregar a cada domingo a palavra de Deus de uma forma clara e sistemática, e tirar o papel vermelho das janelas.”

De certeza que não era isto que os 14 membros daquela igreja estavam à espera de ouvir, mas ele disse ainda mais, que 70% do seu tempo semanal seria para preparar os seus ensinamentos da Palavra de Deus a serem comunicados à igreja.

A palavra de Deus é o nosso alimento espiritual, é a nossa nutrição, é aquilo que nos traz saúde e nos ajuda a crescer espiritualmente.

A Bíblia diz a respeito de como a igreja pode manifestar o glorioso carácter de Deus, aquilo que é um princípio básico e bem simples da vida cristã:

“Temos de ouvir a Palavra de Deus e segui-la, somente estes dois passos ouvir e seguir.”

Ouvir e seguir!

A distinção entre o povo de Deus e os impostores está no facto de que o povo de Deus ouve a Palavra de Deus e leva-a em consideração suficiente para a praticar, os impostores não!

O povo de Deus achará vida completa exclusivamente por ouvir a palavra de Deus e prestar-lhe obediência.

Em I Timóteo 4:13 e II Timóteo 4:1-2– que Paulo pede a Timóteo para fazer em relação á Palavra?

Vejam o que a Palavra fala acerca da própria Palavra:

  • Isaías 55:10-11 – A eficácia da Palavra
  • Ezequiel 37:7-10 – Profetiza – falar da palavra de Deus… onde à morte (ossos) a Palavra de Deus trouxe vida.
  • Romanos 10:14-17
  • Hebreus 1:3
  • Tiago 1:21
  • I Pedro 1:22-23

A Palavra dá vida, a fé vem pelo ouvir a palavra, nascemos ed novo pela ação da palavra; sem a palavra de Deus não temos forma de ajudar as pessoas à nossa volta de dar esperança às pessoas que nos rodeiam. Deus fala através da sua palavra.

Não há nada em nós que possa convencer os outros a seguir Deus, somente pela Palavra de Deus. É a Palavra de Deus que nos dá autoridade.

Nós vemos ao longo de todo o Novo testamento a importância que a palavra de Deus tem na vida da igreja.

Em Mateus Jesus diz a Satanás no contexto da sua tentação que nem só de pão viverá o homem mas da Palavra que procede da boca de Deus (Mateus 4:4)

Em Marcos há o relato de uma parábola de Jesus sobre a semente plantada em diferentes tipos de solo sabemos que a semente é a palavra de Deus. (Marcos 4)

Em Lucas 11:28 Lucas afirma “Bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam.”

Em João Jesus pede a Pedro para apascentar as ovelhas dele com a palavra de Deus. (João 21:15-17)

Em Actos a igreja primitiva perseverava na doutrina dos apóstolos, que era a sã doutrina a palavra de Deus. (Actos 2:42)

Em Romanos Paulo afirma que a fé vem pela pregação, e a pregação pela palavra de Cristo. (Romanos 10:17)

Em Coríntios Paulo afirma que a mensagem da cruz, é o poder de Deus para a Salvação (I Co. 1:18) pois aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação. (I Co 1:21).

Em II Co. 2:17: e 4:2 Paulo diz à mesma igreja que não ele não mercadejava nem adulterava a palavra de Deus, mas sim manifestava a verdade tendo em vista s felicidade eterna deles.

Em Gálatas Paulo afirma que se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes seja anátema ou maldito.

Em Efésios Paulo diz que os crentes daquela igreja haviam sido unidos a Cristo depois de terem ouvido a Palavra da verdade, o evangelho da salvação (Efésios 1:13)

Aos Filipenses ele afirmou que por causa da sua prisão a maioria dos irmãos em Filipos ousavam falar com mais ousadia acerca da Palavra de Deus. (Filipenses 1:14)

Em Colossenses 3:16 Paulo afirma: “Habite ricamente em vós a palavra de Cristo, instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos e cânticos espirituais com gratidão em vossos corações.”

Aos Tessalonicenses ele diz: “Outra razão ainda temos nós para, incessantemente, dar graças a Deus: é que tendo em vós recebido a palavra que de nós ouvistes, que é de Deus, acolhestes não como palavra de homens e sim como em verdade é a palavra de Deus, a qual com efeito está operando eficazmente em vós os que credes. (I Ts 2:13)

Na segunda carta a esta igreja Paulo diz: Irmãos permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas seja por palavra seja por carta nossa. (II Ts 2:15)

Foi por isto também que Paulo disse a Timóteo que os presbíteros a serem escolhidos para liderar a igreja deveriam ser aptos para ensinar a Palavra de Deus. (I Tm 3:2). E motiva o próprio Timóteo a pregar a palavra seja oportuno ou não. (II tm 4:2-4).

Em Tito afirma que Deus manifestou a sua palavra mediante a pregação que lhe foi confiada por mandato de Deus nosso Salvador. (Tito 1:3)

A Filemon Paulo encoraja-o a ser ativo em compartilhar a sua Fé, ou seja aquilo em que Filemon acreditava baseado na Palavra de Deus. (Filemon 6)

Em Hebreus é afirmado que a Palavra de Deus é viva e eficaz… (Hb 4:12)

Tiago alerta-nos para o facto de que devemos ser praticantes da Palavra e não somente ouvintes. (Tg 1:18 e 22)

I Pedro 1:23-25 afirma que os santos espalhados pelas diversas regiões que eles haviam sido regenerados não se semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus a qual vive e é permanente… e que a palavra de Deus permanecerá eternamente.

E em II Pedro 1:20-21, Pedro nos diz que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação, porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana, entretanto homens santos falaram da parte de Deus. Movidos pelo Espírito Santo.

João nas suas cartas afirma “Aquele entretanto que guarda a sua palavra, nele verdadeiramente tem sido aperfeiçoado o amor de Deus. (I João 2:5-6).

Em II João 6 – Afirma que a forma como podemos demonstrar que amamos a Deus é anda segundo a sua Palavra.

E na sua terceira carta verso 4 o próprio João declara que não tem maior alegria do que saber que os seus filhos andam na verdade.

Na carta de Judas o tema central é uma advertência aos falsos mestres que manipulam e adulteram a Palavra de Deus.

No último livro da Bíblia em Apocalipse 3:8 O anjo à igreja de Filadélfia elogia-a porque apesar das poucas forças guardou a palavra de Deus e não negou o Seu nome.

A Palavra de Deus tem de ser central na prática diária da nossa comunidade.

Irmãos o primeiro desafio que as igrejas enfrentam nos nossos dias não é descobrir como podem ser relevantes, estratégicas, sensíveis, ou mesmo ousadas nas suas ações…

O seu desafio primordial é descobrir como ser Fiel à Palavra de Deus – ouvi-la, confiar nela e obedece-la.

 

 

 

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: